Beacon Pines – Análise

Publicado pela Fellow Traveler, Beacon Pines é uma das propostas “indie” mais prometedoras a chegar à Nintendo Switch nos últimos meses. Trata-se de um jogo muito peculiar, produzido pelo pequeno estúdio norte-americano Hiding Spot, onde vamos entrar numa história e viver uma aventura como leitor e personagem principal.

Com um ambiente visual bem desenhado e personagens que consistem em animais antropomórficos, vamos percorrer um autêntico conto de fadas. Luka, nome da personagem principal que vamos controlar, tem de resolver mistérios na sua cidade natal, Beacon Pines. A cada capítulo teremos que encontrar palavras escondidas e basta uma para alterar todo o texto e consequentemente, mudar as ações que as personagens vão realizar. Apesar do que esta premissa nos leve a pensar, nem tudo é suave e bonito, e vamo-nos deparar com alguns acontecimentos assustadores, dando a entender que não estamos perante um jogo para crianças, embora o seu ambiente visual e direção artística o possam inicialmente sugerir. A banda sonora traz muitas composições para piano capazes de imprimir um panorama sonoro bastante dinâmico acompanhando cada fase do jogo, num esforço que assenta que nem luva no ambiente que o jogo cria.

Beacon Pines fica aquém do esperado por não ter pontos de salvaguarda, o jogo apenas guarda o nosso avanço quando terminamos um capítulo. Como aqui não é possível “morrer” como acontece noutros jogos esta decisão poderá fazer algum sentido, mas teremos sempre que ficar com as nossas escolhas sem podermos regressar ao que foi guardado anteriormente e tentar de outra forma. Por outro lado, para quem procure ação, aventuras e itens colecionáveis este não é o jogo indicado.

CONCLUSÃO

CONCLUSÃO
7 10 0 1
Beacon Pines é para ser jogado da mesma forma como se lê um livro: teremos que encontrar palavras e ler amíude. Não é um jogo rico em ação, o que pode afastar alguns jogadores. Por outro lado, para quem procure uma experiência algo diferente Beacon Pines é uma boa solução. Excelente banda sonora, ambiente visual a condizer e com um enredo bem escrito e bem narrado.
Beacon Pines é para ser jogado da mesma forma como se lê um livro: teremos que encontrar palavras e ler amíude. Não é um jogo rico em ação, o que pode afastar alguns jogadores. Por outro lado, para quem procure uma experiência algo diferente Beacon Pines é uma boa solução. Excelente banda sonora, ambiente visual a condizer e com um enredo bem escrito e bem narrado.
7/10
Total Score

Pontos positivos

  • Excelente contraste entre um ambiente enternecedor e assustador
  • Dificuldade acessível
  • Bela banda sonora

Pontos negativos

  • Falta de ação pode afastar alguns jogadores
  • Algumas ações desnecessárias