Nickelodeon All-Star Brawl – Análise

Super Smash Bros. é uma referência entre jogos de luta com elementos de plataformas. Um elenco único e extenso faz da série Smash Bros. algo muito difícil de replicar mas não houve falta de candidatos, alguns deles mostraram ideias bastantes interessantes e elencos bons, como PlayStation All-Stars Battle Royale ou Brawlhalla. Nickelodeon All-Star Brawl tenta seguir este caminho, tirando partido de um elenco numeroso e carismático, com personagens transgeracionais e representando jogos de géneros diferentes.

A escolha recaiu sobre vinte personagens das mais variadas origens, desde Aang de Avatar: The Last Airbender ou Michelangelo das Tartarugas Ninja a guerreiros menos prováveis como SpongeBob ou Nigel Thornberry. A variedade de movimentos individuais é notável, com uma jogabilidade bastante acessível e movimentos que representam da melhor forma as séries de animação dos lutadores aqui presentes. Um bom aceno aos fãs, portanto. O jogo faz uma abordagem direta ao combate, longe de um meio competitivo, e consegue-o com sucesso: temos aqui uma experiência rápida de se aprender, apesar de alguma profundidade escondida. A representação gráfica uniforme de vários estilos de animação é um desafio, e Nickelodeon All-Star Brawl está à altura, fazendo uma transição muito competente para modelos a três dimensões, enquanto mantém as características de cada personagem. No departamento sonoro não se encontra nada de extraordinário, e muito do material no catálogo da Nickelodeon ficou na gaveta.  

Já em relação ao desempenho do jogo encontramos quebras de fluidez de forma bastante assídua e determinante em momentos-chave do combate, o que prejudica a jogabilidade com consequências para a nossa experiência. Não foi possível testar as funcionalidades online devido à falta de uma comunidade ativa, mas há motivos para assumir que estes problemas são ainda mais pronunciados nessa vertente. O jogo conta ainda com um modo denominado desportivo, que cria uma combinação caricata entre objetivos desportivos e combate, adicionando alguma variedade ao jogo mas esgotando o fator novidade, que cai para segundo plano.

CONCLUSÃO

CONCLUSÃO
7 10 0 1
Nickelodeon All-Star Brawl é um jogo de luta simples com elementos de plataformas, um sistema de combate equilibrado e um elenco invejável. Encontram-se alguns problemas de desempenho e fica demasiado por explorar do riquíssimo património da Nickelodeon, mas temos aqui uma proposta muito coerente e que vai agradar ao seu público-alvo.
Nickelodeon All-Star Brawl é um jogo de luta simples com elementos de plataformas, um sistema de combate equilibrado e um elenco invejável. Encontram-se alguns problemas de desempenho e fica demasiado por explorar do riquíssimo património da Nickelodeon, mas temos aqui uma proposta muito coerente e que vai agradar ao seu público-alvo.
7/10
Total Score

Pontos positivos

  • Elenco carismático e variado
  • Sistema de combate profundo mas acessível

Pontos negativos

  • Qualidade sonora não acompanha o resto do jogo
  • Problemas de fluidez

Sérgio Mota

Após passar grande parte da sua infância em Hyrule e no Mushroom Kingdom dedica-se agora a explorar o vasto universo digital que o rodeia. Embora seja entusiasta de novos títulos é possível encontrá-lo frequentemente a revisitar os clássicos.