LEGO Star Wars: The Skywalker Saga – Análise

Os jogos da série LEGO têm-nos tratado a propostas baseadas em nomes muitíssimo carismáticos, e Star Wars conta já com várias obras sob o nome de LEGO Star Wars. The Skywalker Saga assume-se como a entrada mais ambiciosa feita até hoje, não só entre os jogos LEGO Star Wars mas de todos os jogos da série LEGO. Encontram-se aqui representados os nove episódios da saga, dando a possibilidade ao jogador de iniciar pela sua trilogia de eleição. O enredo segue os filmes com muita proximidade mas substituindo os elementos mais dramáticos por momentos de humor muito bem conseguidos. Se esta faceta cómica não é novidade nos jogos da LEGO, poucos foram os que levaram a sua veia humorística tão longe, com inúmeros momentos hilariantes e mantendo um tom mais ligeiro numa jogabilidade assente em cenários de guerra, traições e combates.

A experiência da TT Games sobressai na estrutura do jogo, onde se encontram níveis curtos e nunca passamos demasiado tempo a fazer a mesma coisa. A introdução de sequências cinemáticas ou mudanças de jogabilidade encontra-se muito bem implementada e nunca cria uma sensação repetitiva. Os cenários estão cheios de pormenores e de elementos para descobrir. Podemos abordá-los de forma mais linear, indo diretamente ao nosso objetivo, ou explorar e descobrir tudo o que têm para nos oferecer na opção “free play”, salientando a vertente de colecionáveis aqui presente. É possível desenvolver as características das personagens, o que dá um incentivo à exploração para encontrarmos todos os Kyber Bricks.

O sistema de combate sofreu alterações profundas e é um dos grandes protagonistas da experiência. O combate ganhou em profundidade, com possibilidade de executar combinações e inimigos que se podem esquivar e bloquear, o que dá ao combate uma vertente estratégica mais densa. Apesar das melhorias, carregar aleatoriamente nos botões continua a ser suficiente na maior parte das vezes, mantendo assim o jogo acessível a um público menos experiente, mas com argumentos para quem queira levar o jogo mais a sério. Os “puzzles” são bastante acessíveis e consistem em pequenas variações dos mesmos conceitos mas no geral funcionam bem.

O trabalho de narração beneficia bastante a experiência graças a alguns atores ligados à série que participam com vocalizações muito próximas do que se encontra nos filmes. Visualmente o jogo é belíssimo e extremamente ambicioso, o que causa alguma inconsistência na versão para a Nintendo Switch, uma vez que a resolução acaba muitas vezes sacrificada em detrimento da estabilidade. Comparativamente a outras plataformas a diferença é bastante visível, ainda que o jogo tenha um ambiente visual bastante bem conseguido, e se anteriormente os jogadores não se importariam de trocar alguma diminuição de qualidade visual por uma experiência portátil, a chegada de concorrentes como a Steam Deck vem tirar força a esse argumento.

O tempo de carregamento poderia ser mais curto mas não é um problema grave. Encontramos alguns erros caricatos durante a jogabilidade com personagens que se tornaram invisíveis mas os seus acessórios não, o que leva a que pairem sozinhos pelo ecrã. O jogo mantém a fluidez, mesmo em momentos mais intensos com raros solavancos e nos níveis com veículos ou combates espaciais, um verdadeiro regalo.

CONCLUSÃO

CONCLUSÃO
8 10 0 1
LEGO Star Wars: The Skywalker Saga consegue representar o universo Star Wars como nenhum outro jogo da série LEGO. A versão Switch é extremamente competente, ainda que apresente cedências óbvias para comportar um jogo tão exigente. Com conteúdo para todas as faixas etárias e níveis de experiência e uma boa componente multijogador co-op, é um jogo obrigatório para os fãs das séries e uma aposta segura para o público.
LEGO Star Wars: The Skywalker Saga consegue representar o universo Star Wars como nenhum outro jogo da série LEGO. A versão Switch é extremamente competente, ainda que apresente cedências óbvias para comportar um jogo tão exigente. Com conteúdo para todas as faixas etárias e níveis de experiência e uma boa componente multijogador co-op, é um jogo obrigatório para os fãs das séries e uma aposta segura para o público.
8/10
Total Score

Pontos positivos

  • Universo Star Wars muito bem retratado
  • Quantidade de conteúdo avassaladora
  • Sistema de combate mais desenvolvido

Pontos negativos

  • Visualmente menos apelativo na Switch

Sérgio Mota

Após passar grande parte da sua infância em Hyrule e no Mushroom Kingdom dedica-se agora a explorar o vasto universo digital que o rodeia. Embora seja entusiasta de novos títulos é possível encontrá-lo frequentemente a revisitar os clássicos.