Wonder Boy Collection – Análise

Wonder Boy Collection chegou à Nintendo Switch pelas mãos da ININ Games, produtora responsável por reviver grandes clássicos como o mostram Puzzle Bobble 3D, G-Darius HD, e a compilação Taito Milestones, com distribuição a cargo da Bliss Brain Corporation.

Esta coleção de uma das grandes séries da SEGA junta quatro dos seus jogos: Wonder Boy (arcada), Wonder Boy in Monster Land (arcada), Wonder Boy in Monster World (Mega Drive) e Monster World IV (Mega Drive, originalmente um exclusivo do mercado japonês). Esta coleção visa celebrar os 35 anos da série, agora com melhorias para que os fãs possam ter uma experiência melhor.

Vamos encontrar alguns extras face às versões originais dos jogos aqui presentes, como a possibilidade de salvaguardar o nosso avanço a qualquer altura do jogo, filtros visuais para suavizar a aparência dos pixéis, dar ao ecrã um aspeto semelhante aos dos ecrãs CRT, proporções de ecrã 16:9, 4:3 e 1:1, etc. Além disso temos ainda uma galeria onde podemos observar as ilustrações das caixas e manuais originais – embora deva ser referido que nem todas as ilustrações presentes em Wonder Boy Collection dizem respeito às versões dos jogos aqui incluídas, nos casos de Wonder Boy e Wonder Boy in Monster Land as ilustrações são das versões lançadas para a Master System, que não fazem parte desta coletânea. A emulação dos jogos é competente e não nos deparamos com problemas técnicos ou de desempenho ao longo da experiência.

CONCLUSÃO

CONCLUSÃO
8 10 0 1
Wonder Boy Collection na Nintendo Switch consiste em quatro jogos obrigatórios da série com extras considerados indispensáveis nos dias de hoje. Tratando-se de uma comemoração dos 35 anos da série seria de esperar um pouco mais de conteúdo, como versões para Master System dos jogos aqui presentes, por exemplo. Tendo isso em conta, é uma coleção que não vai desiludir os fâs da série, nem os jogadores que lhe pegarem pela primeira vez.
Wonder Boy Collection na Nintendo Switch consiste em quatro jogos obrigatórios da série com extras considerados indispensáveis nos dias de hoje. Tratando-se de uma comemoração dos 35 anos da série seria de esperar um pouco mais de conteúdo, como versões para Master System dos jogos aqui presentes, por exemplo. Tendo isso em conta, é uma coleção que não vai desiludir os fâs da série, nem os jogadores que lhe pegarem pela primeira vez.
8/10
Total Score

Pontos positivos

  • Emulação competente e com extras indispensáveis
  • Opções de visualização
  • Possibilidade de voltar atrás ao longo do jogo

Pontos negativos

  • Seria ainda melhor com mais conteúdo
Subscrever
Notificar de
0 Comentários
Ver todos os comentários